excelência em diagnóstico

referência em análises clínicas no estado de São Paulo

O Laboratório

Empresa

A preocupação com o desenvolvimento e com a necessidade de uma constante introdução de novas metodologias que atendam aos interesses de médicos e clientes, permitindo aumentar os recursos na investigação diagnóstica, na monitoração terapêutica e nos critérios de cura, fez com que o Laboratório Maricondi desenvolvesse uma estrutura com os mais modernos equipamentos e a mais avançada tecnologia para a realização de mais de 3.000 diferentes testes, cobrindo a quase totalidade das especialidades médicas. Sendo as rotinas diárias protegidas por controles internos e externos, supervisionados pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial.

Os sistemas automáticos são todos interfaceados ao Sistema de Gestão Laboratorial, o qual utiliza avançadas ferramentas da tecnologia da informação, permitindo que mais de 90% dos resultados não sejam mais digitados, evitando com isso erros de transcrição e um extraordinário ganho de produtividade.

A área técnica dispõe dos mais avançados sistemas de automação distribuidos através de nossos departamentos especializados:

Criado para realizar testes para diagnóstico de doenças cromossômicas em recém-nascidos e crianças, este departamento dispõe de todos os recursos necessários para a realização de culturas de células, ou seja, estufa automática de controle de temperatura (B.O.D.) para cultivo celular, microscópio invertido para análise e visualização do crescimento celular, microscópio acoplado à câmara fotográfica para fotografar e posteriormente analisar os cromossomos metafísicos, e câmara de fluxo laminar para manuseio das culturas de células em ambiente asséptico.

Também neste departamento vêm sendo realizados os testes de verificação de Paternidade pelo DNA. Através da análise de diversas regiões do DNA, dentre as quais se destacam os VNTRS (“Variable Number of Tandem Repeats”) pode-se determinar a probabilidade de paternidade acima de 99,99%, índice aceito mundialmente. A análise dos vários VNTRS é realizada utilizando-se bateria de Sondas Unilocus e a técnica de Reação em Cadeia de Polimerase (PCR). A utilização destas duas tecnologias em paralelo é recomendada pelos mais experientes laboratórios de análise do DNA.

O Departamento de Bioquímica é totalmente automatizado em todas as etapas das metodologias utilizadas, desde a pipetagem, incubação e leitura, até a emissão impressa dos resultados, garantindo precisão, exatidão e confiabilidade aos resultados. As dosagens de eletrólitos (sódio, potássio e lítio) são realizadas por eletrodo de íon seletivo. Na bioquímica as técnicas seguem os mais rigorosos critérios de qualidade e modernização. As enzimas são determinadas por métodos cinéticos em ultravioleta otimizados (métodos de referência da IFCC – International Federation of Clinical Chemistry).

Para a determinação de glicose, colesterol e frações e triglicérides os métodos utilizados são os enzimáticos com grande especificidade e reprodutibilidade. As dosagens de imunoglobulinas (IgG, IgA e IgM) e dos fatores de risco para doenças coronárias (Apo A1, Apo B e lipo (a)) são realizados pela técnica de turbidimétria. Ao todo são realizados neste departamento cerca de 80 diferentes testes propiciando avaliação bioquímica dos vários órgãos e sistemas do organismo.

Citogenética humana consiste em um segmento da genética que estuda os cromossomos, estrutura e papel no desenvolvimento de doenças, sendo aplicado à genética médica.
As alterações cromossômicas podem ser numéricas ou estruturais e envolvem um ou mais cromossomos autossomos, cromossomos sexuais ou ambos.

Anomalias cromossômicas específicas são responsáveis por várias síndromes identificáveis na análise e estudo do cariótipo. Tais anomalias são responsáveis por perdas reprodutivas, malformações congênitas e retardo mental. Estudos nos distúrbios cromossômicos são ferramentas importantes para auxiliar o diagnóstico, prognóstico, conduta terapêutica e monitoração de tratamento dos pacientes que apresentam tais alterações.

As alterações numéricas afetam o número cromossômico normal da espécie humana, podendo resultar em aumento ou diminuição. As alterações estruturais modificam a morfologia normal de um ou mais cromossomos. tais anomalias cromossômicas podem afetar cromossomos inteiros ou segmentos cromossômicos.

O setor de citogenética do Laboratório Maricondi realiza exames de cariótipo com ênfase em banda G, Cariótipo X-Frágil, Alta resolução e Cariótipo Fetal.

O setor de endocrinologia, através de metodologias de ultima geração como a quimioluminescência e a eletroquimioluminescência totalmente automatizados e com equipamentos de gerenciamento de amostras, realiza diversos exames de hormônios, drogas terapêuticas, marcadores tumorais e cardíacos, com rapidez, segurança e confiabilidade.

Este departamento realiza contagens de células do sangue através do contador automático eletrônico de última geração e faz testes para avaliação do sistema de coagulação. Possui Agregômetro Plaquetário para a realização de teste de grande utilidade na determinação de predisposição e monitoração terapêutica de trombose arterial coronariana, cerebral e periférica, bem como de coagulopatias ligadas à função plaquetária.

Realiza exames citológicos dos aspirados da medula óssea, além de provas citoquímicas para a classificação das leucemias. Também são realizados testes para diagnósticos de doenças ligadas à hemoglobina (hemoglobinopatias), bem como testes imuno-hematológicos para tipagem sanguínea e detecção de anticorpos causadores de doenças hemolíticas.

O Departamento de Hematologia possui moderno instrumento automático para determinação da velocidade de hemossedimentação e microscópio com sistema de microfotografia para documentação dos casos de interesse científico.

Neste departamento priorizam-se as metodologias de maior sensibilidade e especificidade, como os imunoensaios enzimáticos de ligação fluorescente (ELFA System). Vários marcadores de doenças infecciosas são realizados por esta técnica, como para diagnóstico de hepatite A, hepatite B, rubéola, citomegalovírus, AIDS e toxoplasmose. Para mononucleose, doença de Chagas, sífilis e toxoplasmose são realizados Perfis Sorológicos, ou seja, efetua-se mais de um método, permitindo com isso a ampliação da sensibilidade da investigação sorológica.

O departamento realiza ainda uma gama grande de testes imunológicos como: provas de atividade inflamatória, determinação de marcadores de doenças reumáticas, reações de hemaglutinação, soro aglutinação, fixação de complemento e imunofluorescência.

Também são realizados os testes de IgE específicos (múltiplos e individuais) para se determinar o tipo de alérgeno ao qual o paciente é sensível.

Para a realização de todos esses exames o setor dispõe de moderno instrumental, como: Microscópio de imunofluorescência com luz Epi, Densitômetro/Fluorômetro de última geração, Leitora automática e lavadora de micro placas, instrumento com tecnologia ELFA e instrumento automático para a realização dos testes alérgicos.

O setor de Microbiologia do Laboratório Maricondi possui sistemas para identificação bacteriana, fungos leveduriformes e antibiograma modernos e automatizados, proporcionando identificação precisa dos microrganismos com sensibilidade (99,9%) para chegarmos à diferenciação de espécies bacterianas, de acordo com as padronizações da EUCAST e CLSI.

Os testes de Sensibilidade aos Antimicrobianos, também são feitos em paralelo às identificações, sendo liberados no mesmo prazo de tempo com segurança, confiabilidade e rapidez. Os testes de sensibilidade contêm todas as drogas disponíveis no mercado de atuação ambulatorial ou hospitalar, inclusive com a detecção de mecanismos de resistência bacteriana. Os resultados são expressos em Concentrações inibitórias mínimas para cada antimicrobiano testado, permitindo a escolha entre dosagens e drogas que estarão mais adequadas ao tipo de infecção e paciente a ser tratado.

A hemocultura é automatizada, baseada na detecção de CO2 produzido pelos microrganismos durante seu metabolismo. Os frascos utilizados nesse sistema possuem carvão ativado que inibe a ação de alguns medicamentos, aumentando significativamente a recuperação de microrganismos em pacientes com uso de antibióticos.

O departamento de Urinálise, distinto da parasitologia, realiza provas rotineiras na urina, como por exemplo, o exame de urina Tipo I, bem como provas especiais para caracterizar erros inatos do metabolismo, pesquisa de fenilcetonúria, pesquisa de proteinúria de Bence Jones, análise química dos cálculos urinários, etc.

Todo o processo de análise é padronizado desde a refrigeração das urinas até a realização do exame (para se evitar fermentação e falsa bacteriúria), até o exame microscópico do sedimento.

Além disso, o departamento realiza sistemático controle de qualidade dos diversos métodos utilizados.

O Departamento de Toxicologia realiza análise de substâncias químicas de interesse em Medicina Ocupacional. Através de portaria de 08 de junho de 1979, o governo federal estabeleceu as normas regulamentadoras – NR – relativas à Segurança e Medicina do Trabalho. A NR-7 fixou limites de tolerância biológica (LTB) que representam as quantidades limites de substâncias nas quais os trabalhadores podem estar expostos sem riscos à sua saúde.
A utilização de aparelho de Espectrometria de Absorção Atômica, o departamento realiza dosagens de metais pesados, como: chumbo cobre zinco, manganês, níquel, etc., em amostras de sangue e urina.

Outros dois aparelhos de Cromatografia Gasosa, manual e automático, realizam dosagens de fenol, ácido hipurico, ácido Metilhipurico, metanol, acida mandélico, ácido fenilglioxílico, acetaldeído, acetona, metiletilcetona, etanol, etc. Por colorimetria são efetuadas as determinações de ácido delta aminolevulínico, coproporfirina, protoporfirina IX eritrocitária, meta hemoglobina, carboxihemoglobina, triclorocompostos e colinesterase. Este departamento, devido ao crescimento do Serviço de Apoio Laboratorial, passou a oferecer aos clientes, apoio e logística precisa para o rápido atendimento das necessidades dos laboratório apoiados.

Também realiza um trabalho de apoio às indústrias de toda a região, que vai desde a orientação quanto ao preparo e a coleta de material, envio de frascos apropriados para as coletas, condições de acondicionamento das amostras para envio ao laboratório, etc., até a coleta de material na própria empresa.

A Espirometria ou prova de Funcão Pulmonar é um teste que permite medir o fluxo de ar nas vias respiratórias ou brônquios. Tem como indicações a investigação de sintomas respiratórios (tosse, pieira, falta de ar, etc); o diagnóstico e a avaliação de asma e de doença pulmonar obstrutiva ou bronquites, que de alguma forma perturbam a mecânica ventilatória.

A Espirometria permite verificar se existe obstrução ao fluxo de ar, ou seja, se as vias respiratórias estão anormalmente contraídas, ou se o volume dos pulmões está normal. São realizados ainda testes após o uso de medicação broncodilatadora, determinando se a obstrução é reversível ou não. Com este procedimento pode-se diagnosticar a presença de asma e quantificar a melhoria após o uso do broncodilatador.

No Laboratório Maricondi esse exame é realizado por profissional capacitado e qualificado pela Sociedade Brasileira de Pneumologia Tisiologia.

O departamento de Parasitologia realiza pesquisa dos diversos parasitas intestinais em amostras de fezes por métodos de comprovada eficiência e segurança, permitindo o achado de cistos de protozoários e de ovos ou larvas de helmintos porventura existentes na amostra. Além disso, são realizadas provas bioquímicas para detecção de elementos estranhos que auxiliam no diagnóstico, bem como provas especiais.

O departamento dispõe de todos os recursos necessários para garantir a qualidade de seus resultados, bem como recebe periodicamente da comissão de controle de qualidade da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica amostras para avaliação e controle de todos os procedimentos utilizados.

Parcerias

Com experiência acumulada em seus mais de 70 anos de existência e com profissionais altamente capacitados, o Laboratório Maricondi realiza parcerias com laboratórios de análises clínicas na área de gestão, desenvolvendo um modelo de administração laboratorial que visa atualizar os profissionais nas principais áreas de aplicação do diagnóstico, capacitando-os para novos domínios de ferramentas de conhecimento científico, gestão de qualidade e temas de relevância para sua atuação, tornando-os aptos a desenvolver, analisar e interpretar dados que interferem no processo saúde-doença.

  • O Laboratório Maricondi através da parceria gerencial, oferece as instituições a importância devida aos seus processos, valorização e qualificação no atendimento, qualidade nos serviços, estrutura para desenvolvimento de recursos humanos e disponibilização de tecnologia, o que hoje é de alta relevância dado a contínua inovação tecnológica do setor.
  • No âmbito interno o modelo de gestão capacita a área técnica, controla estatisticamente os processos, a funcionalidade, a produtividade, o desenvolvimento econômico e a ética profissional.
  • No âmbito externo o gerencimaneto propicia a credibilidade técnico-científica, a captação crescente de clientes, a rentabilidade e a respeitabilidade empresarial.

Entre em contato e solicite a visita de nosso representante comercial para conhecer o Projeto de Gestão e os benefícios que ele oferece aos nossos parceiros.